Dicas para facilitar sua campanha de e-mail marketing

Preocupado com o alto índice de campanhas que são classificadas como lixo eletrônico pelos softwares antispam, nosso amigo escolheu doze conselhos práticos para evitar que seu trabalho seja perdido.

Por Alexandre Okubo

Antes de enviar uma peça de e-mail marketing, certifique-se de observar alguns detalhes importantes. A pressa pode ser letal, porque o sucesso da ação depende, inicialmente, da recepção e visualização da mensagem enviada por você.

Aqui estão algumas dicas que podem também funcionar como um “checklist” para detectar problemas no modelo (template) a ser enviado para sua lista de clientes ou assinantes. Algumas resumem as principais dificuldades encontradas durante a produção do template e outras já são velhas conhecidas dos profissionais que trabalham com web.

– Otimize as imagens para web
Utilize sempre JPG ou GIF com 72dpi. Mais do que isso, é desnecessário e inútil.

– Recorte das imagens e montagem do HTML
Quando uma determinada área do seu template tiver cor chapada, você pode optar por inserir essa cor no código HTML, ao invés de inserir uma imagem com cor chapada.

– Utilize links mapeados
Adote a tag “map” para criar links nas imagens, porque isso diminui a possibilidade da sua mensagem ser classificada como spam.

– Sempre utilize target=”_blank” nos links

– Não esqueça de trocar o caminho das imagens no HTML
Antes de enviar o template, certifique-se de que o caminho de todas as imagens está correto.

– Visualize o material pronto sempre no Firefox e IE.
Para garantir que o layout de seu template seja visualizado perfeitamente, procure fazer testes utilizando o Internet Explorer e o Firefox.

– Personalize sua mensagem
Personalize de modo a gerar uma pequena diferença no texto de cada mensagem. Isso também diminui a possibilidade de classificação como spam.
Ex.: Utilize o nome do destinatário no assunto do e-mail ou no corpo da mensagem.

– Uso de palavras bloqueadas
Se for imprescindível o uso de palavras que possam ser barradas pelos antispams, gere uma imagem dessa palavra.

– Crie contas em e-mails gratuitos para testar os templates.
Para testar o layout e verificar se a sua mensagem será classificada como spam, crie contas de e-mail gratuitas (Hotmail, Yahoo, Ig, Gmail etc.) e faça envios de teste. Assim você garante que sua mensagem será visualizada corretamente pelos usuários e verifica se o template poderá ser classificado como spam em vários provedores diferentes.

– Uso de Front Page
Se você utiliza o Front Page, retire meta name=”Generator” content=”Front Page”/ ou qualquer referência ao nome Front Page do código, pois as ferramentas anti-spam dão uma pontuação alta aos templates produzidos nesse software.

– Evite enviar um formulário por e-mail
Utilize um link que envie o usuário para o seu site, onde ele preencherá todas as informações.

Fonte: [Webinsider]

Sobre Tiago Capatto

Conheça meu trabalho www.impressao3dprinter.com.br

Publicado em 2 de agosto de 2008, em e-mail marketing e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: