Mulheres representam 50% dos consumidores on-line na Internet brasileira

As mulheres já representam 50% dos compradores on-line da Internet brasileira. Em alguns meses, a participação delas sobe para 51%. A constatação é da 18ª edição do Relatório WebShoppers, realizada pela e-bit em parceria com a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), divulgado em São Paulo.

Em 2001, as mulheres representavam 37% dos consumidores on-line. O “Raio-X do e-consumidor brasileiro” aponta que o aumento da presença do público feminino nas lojas virtuais é para ganhar tempo. Geralmente, essas e-consumidoras trabalham fora e têm a agenda atribulada. Elas recorrem à Web para fugir do trânsito e das filas dos estabelecimentos tradicionais.

Mas, apesar da fama de gastar mais, o público feminino ainda tem tíquete médio, ou seja, valor gasto em cada compra na Internet inferior ao dos homens. Nos seis primeiros meses deste ano, as mulheres gastaram em suas compras on-line uma média de R$ 272, enquanto os homens desembolsaram R$ 375, ou seja, 38% a mais.

Isso ocorre porque o público feminino compra produtos mais baratos, como livros, artigos de saúde e beleza (perfumes, chapinhas, medicamentos, etc.), moda e acessórios, cama, mesa e banho. Já os homens compram produtos de maior valor agregado, como informática e eletrônicos.

Fonte: W News

Sobre Tiago Capatto

Conheça meu trabalho www.impressao3dprinter.com.br

Publicado em 29 de agosto de 2008, em E-commerce e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: