Faturamento de TV por Internet deve chegar a US$ 4,5 bilhões neste ano

O número de assinaturas de TV por Internet (IPTV) deverá crescer 64,1% neste ano, atingindo a marca de 19,6 milhões de assinantes em todo o mundo, contra apenas 12 milhões no ano passado. Segundo a consultoria Gartner, o faturamento desse setor vai praticamente dobrar entre 2007 e esse ano, passando de US$ 2,3 bilhões para US$ 4,5 bilhões – uma expansão de 93,5%.

De acordo com o levantamento, 1,1% dos domicílios mundiais terão assinaturas de IPTV até o fim deste ano. Em 2012, porém, esse percentual terá subido para 2,8%, enquanto o faturamento do setor deverá ser de US$ 19 bilhões.

“A maior mudança desde 2007 é o rápido advento de novos entrantes no mercado, acelerando o consumo de vídeos e levando a uma demanda maior sobre os operadores de IPTV para que inovem em sua atividade”, afirma o diretor de Pesquisa do Gartner, Elroy Jopling. “O campo de consumo de vídeos deverá ficar cada vez mais movimentado”, acrescentou.

Para o Gartner, o YouTube e o Joost são exemplos de novos competidores nesse mercado, assim como redes de sites sociais como o MySpace e o Facebook. Além disso, fabricantes de aparelhos eletrônicos começam a oferecer seus próprios produtos para esse mercado, como a AppleTV, da Apple.

Essa tendência tem movimentado inclusive empresas que vendem vídeo por demanda ou realizam aluguéis de filmes, como a Amazon, a Netflix e a Blockbuster. Todas elas estão desenvolvendo, ou já o fizeram, aparelhos específicos para o download de vídeos.

A Europa Ocidental é hoje a região mundial com maior penetração da IPTV por assinatura. Ao final deste ano, ela deve ter acumulado 8,2 milhões de assinantes, que passarão a ser 18,8 milhões em 2012. A América do Norte, por outro lado, é a maior fonte de receita para o setor, com expectativa de gerar US$ 2 bilhões neste ano e US$ 8 bilhões em 2012.

“Antes de 2008, a ênfase dos operadores de IPTV vinha sendo a expansão de sua presença e a oferta eficiente de uma alternativa a TVs a cabo e por satélite”, afirmou Jopling. “No futuro, especialmente em mercados desenvolvidos, veremos uma ênfase na inovação e na diferenciação de serviços de TV paga”, acrescentou.

Fonte: O Globo Online

Sobre Tiago Capatto

Conheça meu trabalho www.impressao3dprinter.com.br

Publicado em 27 de outubro de 2008, em E-commerce e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: